4.12.13

you could see me reaching

está finalmente se esvaindo. eu sinto escorrendo, virando fumaça, virando poeira, virando ausência. eu sinto o peso do mundo, do abandono. eu sinto a tristeza por deixar ir. eu não sinto mais a necessidade de tentar continuar. eu só vou. não é mais difícil controlar. está ficando mais fácil. mais apagado. eu não sinto mais o peito apertando e as mãos tremendo. não sinto mais enxaqueca, não sinto mais dor, não sinto mais choro. deixou de ser presente e virou memória.

até a próxima vez.

1  +:

Nina disse...

Então só há motivos para comemorar, eu presumo :)
Abraços.

Postar um comentário