18.12.13

um só

Eu me apaixonaria por você outras mil vezes, porque você é babaca. Não babaca do jeito que você já foi um dia, mas babaca do jeito que me faz feliz. Babaca do jeito que sorri à toa e me faz rir à toa também. Babaca do jeito que me manda mensagens de voz na madrugada me sacaneando porque eu disse que acho que tô ficando careca. Babaca do jeito que me manda fotos durante o dia com fantasias de princesa. Babaca do jeito que tá sempre tentando botar um sorriso no meu rosto. Babaca no sentido que só eu entendo e você também. Somos babacas na nossa amizade, que sempre foi muito honesta e fácil. Na nossa intimidade, nas caretas, nas cócegas, nos carinhos na cabeça e nas mãos dadas. Eu não sei mais como eu era sem você. Se era igual, se era diferente. Nós adaptamos os nossos gostos musicais, que sempre foram muito parecidos, mas ainda particulares. Eu cedi ao show do Iron Maiden e você cedeu ao show do Matanza. Eu nem gosto de Iron Maiden, mas estar lá com você foi uma emoção única. Até tive vontade de cantar. Não pela banda, nem nada. Continuo não gostando. Mas por você. Pela sua alegria, satisfação e empolgação. Um sonho, né? Um sonho seu que eu fui capaz de realizar. Eu tento definir nosso amor das maneiras menos clichês, mas o fato é que o amor nada mais é além de clichê. Por isso todas as pessoas apaixonadas são babacas. Eu entendo o que é querer cuidar de alguém, se preocupar, sentir saudade, querer ficar longe, querer ficar o mais perto possível. Eu sinto todo esse clichê. Além de todo o universo de sentimentos que eu sou capaz de sentir por você.

De qualquer forma, obrigada por mais um mês comigo, mais uma passagem de ano, mais uma viagem, mais um milhão de sorrisos. 

1  +:

Dentro da Bolha disse...

que lindo! <3 *-*
gente apaixonada é tão amorzinho!

Postar um comentário