8.12.11

"Onde está todo orgulho que você jogava na minha cara?
Orgulho o qual você usava para que minhas lágrimas caíssem,
Desenfreadamente.
Desesperadamente.
Incessantemente.
Intermitantemente.
E por fim, quando as lágrimas cessaram,
As suas,
Finalmente,
Se revelaram."

0  +:

Postar um comentário