13.3.11

"Ando com uma vontade tão grande de receber todos os afetos, todos os carinhos, todas as atenções. Quero colo, quero beijo, quero cafuné, abraço apertado, mensagem na madrugada, quero flores, quero doces, quero música, vento, cheiros, quero parar de me doar e começar a receber. Sabe, eu acho que não sei fechar ciclos, colocar pontos finais. Comigo são sempre vírgulas, aspas, reticências. Eu vou gostando, eu vou cuidando, eu vou desculpando, eu vou superando, eu vou compreendendo, eu vou relevando, eu vou… e continuo indo, assim, desse jeito, sem virar páginas, sem colocar pontos. E vou dando muito de mim, e aceitando o pouquinho que os outros tem para me dar."

5  +:

Anônimo disse...

Oi,
O quanto disso é verdade e o quanto disso ficção?
Vejo um bocado de verdade nisso, mas nunca se sabe...
Até!

aline disse...

sempre é verdade.

Anônimo disse...

Entendi... depois faço alguns comentários sobre o texto, se me permite, claro, mas pergunto se aqui continua sendo "lero-lero" kkkkkkkkk... ou é uma forma mais adequada de comunicação?
Aqui está de igual para igual ou ainda não?
Que me diz, amiguinha?

Anônimo disse...

Não me diz nada?
Não tem nada pra me dizer?
Nem sim, nem não, nada?? Hahahahahaha!!

Mulher é um bicho complicado... hahahaha... se tem um bicho complicado nesse mundo é a mulher.
Putz...

Sempre insatisfeitas se absolutamente tudo não sai exata e milimetricamente igual ao que elas planejaram na cabeça... hahahahaha!!
A noite inteira vai para o vinagre por causa de um detalhe milimétrico!!

Já viu a posição preferidas das mulheres? De braço cruzado fazendo bico!! Hahahaha!!

Isso começa aos 8 e vai até os 80 anos... hahahahaha!!
Só rindo, chorar não adianta!!
Haja... kkkkkkkkkkk!!!

Vamos ver se depois desse "discurso" eu recebo alguma resposta... acho muito difícil, mas quem entende as mulheres?? : )

aline disse...

concordo em gênero, número e grau: mulher é bicho complicado.

mas ainda acho que não está de igual para igual. você sabe muito sobre mim e, no entanto, sei tão pouco sobre ti...

Postar um comentário