16.2.11

you had me at hello

Era fácil ver como ela ficava diferente na sua presença. Parecia nervosa, insegura. Eu sabia que ela só estava apaixonada, mas não ousava interferir. Quase conseguia ver como ela tremia e se arrepiava e tentava controlar todo aquele bater de asas dentro da própria barriga. Ficava se segurando nas beiradas e se esforçando para manter a respiração desacelerada. Era claro, ela entendia. Parecia bonito. E eu compreendia todos os detalhes.

Sabia porque era tão fácil viver tudo isso por ele. Eu já estivera ali antes. Ocupara aquele mesmo lugar. Sentira tudo aquilo.

Tão mais.

0  +:

Postar um comentário