13.1.11

tell me what you know about dreaming

Valeu a pena. As ofensas bateram e voltaram. Muitos tentaram. Ninguém conseguiu. E nós ficamos aqui, firmes e fortes. Eu sabia que era verdadeiro. Podia sentir em todos os meus ossos. Desde o começo, era amor. Era amor desde o começo.

Agora já são quase três anos. Não há mais ninguém que duvide. Nossos nomes se tornaram um só e nossos telefones constam no mesmo contato da agenda. Nos unimos. De corpo, alma, mente e coração.

E até quem me vê lendo jornal na fila do pão sabe que eu te encontrei

Seremos assim. Fomos assim. Apesar de todo o medo, de tudo que foi. Não é simples, entende? Conhecer a pessoa com quem você vai passar o resto da sua vida. Não parece fácil. E sabemos. Hesitei às vezes. Você também. Mas estamos aqui. Para sempre.

Gostaria de ser mais clara, mais límpida, mais nítida. Não sou. Mas eis-me aqui. Me entregando. Me cedendo a você. A todos. Me permitindo enxergar. Aceitar torna-se complicado. Mas passou. Agora os sorrisos vêm de dentro e vão fazendo morada. As lágrimas vêm de fora, rolam e se vão.

Tenho medo de toda essa imensidão que me atormenta e me tira o fôlego. Ela vem violenta e se aloja no meu peito. Mas você me olha e entende. Sabe da minha falta de coragem. Me chama pra perto e me enlaça. E eu? Só quero ser tua o resto de todo o tempo que durar.

0  +:

Postar um comentário