11.11.10

o esquecimento machuca

Você se lembra de quando nos conhecemos? Aquele lugar tinha cheiro de cigarro e sujeira, mas eu só guardei o seu aroma. Era doce e me lembrava manteiga, daquelas que eu como todo dia no café da manhã. Você não me deu bola porque eu sou assim, tenho esse rosto meio desproporcional e sou esquisita. Mas eu insisti. Sabia que daria certo. Tinha que dar.

Você se lembra de como você fazia eu me sentir? Era especial, de um jeito que eu nunca havia conhecido antes. Eu me sentia amada, linda, querida, requisitada. Você foi minha sentença. Eu precisava de você. Eu não conseguia me visualizar no espelho sem você ao meu lado. Aquilo era um pedaço de todas as coisas que eu gostava. Mas acabei por me odiar.

Você se lembra de quando você me deixou? Eu já não sentia mais nada, meu coração era duro como rocha e me espalhei pela calçada molhada. Dormi um sono tranquilo, sem pesadelos nem sonhos, sem monstros que me assombrassem durante a noite, sem fantasmas que cuidassem de mim.

Dormi sozinha, caída na calçada. Pura. E finalmente livre.

0  +:

Postar um comentário