26.4.10

a boy like you is impossible to find

Sim, doeu. Não adianta falar que não, porque doeu. E muito. Mas você já sabe disso...
O que você não sabe é que palavras destroem. Palavras grudam na memória. Palavras não vão embora nunca. Eu não ligo para socos, tapas, chutes, nada. Eu ligo para as coisas ditas. Pensadas ou não, foram ditas. E machucaram para sempre. Porque elas marcam, entende? Elas deixam um ferimento absurdo incapaz de virar cicatriz.
Fico pensando em maneiras de apagar o que foi falado. Por isso pedir desculpas é tão difícil. Como se desculpar por algo que você não pode retirar? Por algo que saiu e ficou por ali mesmo, pairando no ar, para sempre entre nós dois.
Eu vivi um amor desses grandões e sofri. Mas tudo bem, isso é normal em todo relacionamento, certo? Não. Não é certo. Sofrer é normal, mas machucar propositalmente com intenção de magoar não é normal. É doentio. É sádico. É ruim, muito ruim.
Sabe quando eu prometi te amar por toda a vida, independentemente do que acontecesse? Acho que eu menti... Eu não consigo te amar assim. Não se é essa a pessoa que você escolheu ser. Eu amava aquele que me amava também, que me fazia feliz, que significava o mundo para mim. Mas você mudou, e eu não encontro mais essa pessoa em lugar nenhum do seu corpo. Você se tornou um completo estranho, tendo atitudes que eu nunca vi antes. E eu não reconheço mais aquele sentimento lindo que nós tínhamos. Eu não te enxergo mais em lugar nenhum, e isso é angustiante.
Se um dia você encontrar aquele menino perdido por aí, dentro de você, me avisa. Eu vou gostar de encontrar com ele novamente. Só para lembrá-lo de como éramos felizes.

1  +:

amanda. disse...

oh god.
venho aqui pela primeira vez - acho? - e me deparo com esse texto despedaçado.

ia sair de fininho e fingir que NADA LI NADA VI, mas impossivel né.
entendo esse sentimento, esse vácuo deixando por pessoas. principalmente aquelas que a gente achava que jamais viveria sem né?
mas vive.

seja com elas ali presente, sendo outras por dentro.

força garota.
ha cacos para catar.
:/

;**

Postar um comentário